5.8.06

bagaceira # 1



Encontro


não há pontes na vertigem
talvez o contrário
que há também no vôo
mas não preciso tirar os pés do chão
pra mergulhar no azul

quem vai mais alto:
ele, o helicóptero,
ou eu que sonho?

quem vê mais longe:
ele, o panorâmico,
ou eu que eternizo momentos?

entre respostas,
fico com o contraste.


Leandro Jardim
www.florespragasesementes.blogspot.com


O sabor do fel alojou-se na flor

forjei-a entregando
o semblante de mulher
o amargo tempo ao tempo
se entrelaçando, meu mel
amor de bordel fez-se doces nozinhos

rodeios de sorrisos, surpresa
contatos físicos, gentileza
com muito esmero, feito por mim
um brilho de faca, sendo assim
cheiro de sangue no ar

antes do nó; apenas duas pegadas; areia
do mar
ainda no nó; a glória de chorar;
inovação da alma não mais nó; incapacidade de amar; as
raízes da calma
dentre o nó; o interlúdio

o sabor do mel, alojou-se na dor


Fernando Couto
furdscouto@hotmail.com




Deixo claro o manifesto
Apologia ao que amo
Dedo médio ao que detesto
Sou bagaceira
Sou mundano
Bagaço do engano
Filho da hipocrisia
E da completa insanidade
Que se dane o engenho
A cana, a garapa,
O álcool, o açúcar, os dramas,
Sou bagaceira
Que te engana
Que fermenta
Que fede
Incomoda e reclama
Sou bagaceira
Que inflama.

Larissa Marques
http://www.larissamarquespoeta.blogspot.com/

Homenagem à pequena amora

Foi pequena amora!
Pequena, pois tempo foi curto aroma...
E fruto, pois intenso foi o sabor...
Seu amor feminino, amora!

Ardemos como fogo,
mas acabou,
porque fluímos como água!
Não poeto aqui por saudade,
te faço apenas, homenagem!

Foi amor, aroma, minha amora!

Augusto Sapienza
http://tomospoeticos.blogspot.com


O desenho é de autoria de Larissa Marques.

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS E A PROPRIEDADE INTELECTUALCopyright © 2006. É proibida a venda ou reprodução de qualquer parte do conteúdo deste site. Este texto está protegido por direitos autorais. A cópia não autorizada implica penalidades previstas na Lei 9.610/98.

6 comentários:

Bill disse...

ó.Ò
Que maravilha.
Adorei isso aqui, perfeito, palavras, versos e posia..
Um lugar para sonhar.

Parabens

[s]s

Larissa Marques disse...

"bagaceira" é um fanzine impresso, está sendo distribuido...Vamosver o que vira!

Augusto Sapienza disse...

Larissa, espero que sua idéia dê certo! Tá cheio de energia isso aqui, ler esses textos é uma dose na veia de poesia...
Estou feliz por participar dessa edição!
Beijão

Larissa Marques disse...

não mandei ainda pra vcs, mas já consegui 1000 cópias, patrocínio! Uau! E acho que o #2 sairá patrocinado também!

*CAROL* disse...

Criatividade é o que não falta a essa mulher! A cada dia, uma novidade. Bravo! E muito sucesso!

Larissa Marques disse...

A propost é somar Carol, como é talentosa, está convidada, quando quiser, somos todos bagaço da mesma cana!